LENDO MAIS...

     Tantra é um termo amplo, pelo qual antigos estudantes de espiritualidade na Índia designavam um tipo muito especial de ensinamentos e práticas que tiveram base em uma antiga sociedade. Com o passar do tempo, estes ensinamentos propagaram-se, misturando-se com diversas outras culturas e correntes filosóficas e religiosas como o Hinduísmo, o Vedanta, o Yoga, o Budismo, o Taoísmo, entre outras.

      O terapeuta se forma ao passo que ele percebe que por detrás de todo conhecimento há almas precisando de ajuda, e em especial as nossas almas também estão em desenvolvimento constante. Estamos todos em um mesmo barco. O barco pode estar remando para lugares diferentes, mas o Mar é o mesmo: Ora calmo, ora de ressaca.

    

     O Tantra hoje abrange uma variedade e uma diversidade muito ampla de crenças e práticas, quase sempre antagônicas entre si e cheias de contradição.

 

     O método " Deva Nishok " não deve ser confundido com os métodos convencionais de Massagem Tântrica encontrados no mercado nacional e internacional, pois seus princípios, objetivos e resultados são muito diferentes. Normalmente, estes métodos referem-se a uma prática sensorial suave, acompanhada de aromas agradáveis tidos como estimulantes e afrodisíacos, um ambiente sensual e erótico e, na grande maioria dos casos, com finalizações sexuais. Após algum tempo de manobras com óleos espalhados pelo corpo, é muito comum que as “terapeutas” recorram ao que se convencionou chamar de “liberação” ou “relaxamento” no final do atendimento. Estes são, nada mais, nada menos, que uma banal masturbação oferecida ao cliente. Não há nenhuma transformação ou cura de seus condicionamentos e disfunções sexuais. O cliente continua com os mesmos padrões, as mesmas limitações, as mesmas dificuldades em sua sexualidade.

     Nesse método, através de manobras especialmente elaboradas, aos poucos, vou acordando aspectos sensoriais bioelétricos no corpo do cliente. Estes impulsos elétricos vão sensibilizando músculos e desencadeando uma reação orgástica intensa e prazerosa, de origem neuro-muscular. Estas descargas produzem a sensação orgástica, aquilo que chamamos de “Orgasmos Secos” (sem ejaculação) e “Orgasmos Perenes” (sem declínio após o clímax), tanto nos homens como nas mulheres.

     As incríveis descargas elétricas se apropriam do corpo ao longo da massagem, e disparam mecanismos que alteram a percepção e produzem um efeito que denominamos de Supraconsciência – um estado alterado de percepção e consciência, um estado profundamente meditativo. A pessoa acessa o seu aspecto divino, sua transcendência, a alegria verdadeira que vem de seu coração, de sua alma.

     Existem quatro níveis de Massagem, no Método Deva Nishok.

     Procuro sempre sugirir ao cliente que o desenvolvimento seja realizado progressivamente a partir do primeiro nível:

     No Nível 1 - Sensitive Massagem, a eletricidade do corpo é despertada. Descobre-se que o orgasmo não é circunscrito aos genitais, mas que todo o corpo é orgástico e permite uma qualidade enorme de prazer. Ocorre uma grande quebra do paradigma de que o orgasmo está circunscrito à região genital e ao sexo. Trabalha-se com o corpo todo em decúbito dorsal, ventral e lateral e também com a estimulação de um centro de energia localizado no períneo (1º Chakra – Muladhara). O resultado é a descoberta de que seu corpo todo é prazeroso e pode vibrar intensamente de prazer. Com o aumento substancial dos níveis hormonais de Endorfina, Serotonina e Ocitocina, a pessoa sente-se revigorada, saciada e satisfeita, levando consigo uma sensação de plenitude e alegria. Sempre recomendo o cliente iniciar por este nível.

     No Nível 2 - Êxtase Total Massagem, inicia-se com os estímulos utilizados no nível 1 e, uma vez que a eletricidade agora está desperta, é conduzida em direção aos genitais, de forma potencializada, onde a energia é intensificada com trabalhos específicos focalizados no Lingam (Pênis) ou na Yoni (Clitóris e Vagina). Não há mobilizações internas na vagina, apenas externas. As mobilizações penianas são suaves, de extensão longitudinal. O resultado é a experiência de indescritíveis, suscetíveis e intensas vibrações e ondas de prazer.

     No Nível 3 - O trabalho é focado, superdimensionado e intensificado no Lingam (Pênis) ou na Yoni (Clitóris e Vagina). É importante frisar que estas manipulações genitais são técnicas que nada tem a ver com a masturbação, e sim com estímulos estudados e especificamente aplicados com o objetivo de aumentar o aspecto sensorial da região genital, proporcionando um tipo de prazer e estados alterados de percepção e consciência nunca experimentados nas manipulações usuais masturbatórias ou sexuais.

     Neste nível, ocorrem descargas energéticas que revelam a potencialidade orgástica diferenciada e intensificada, para homens e mulheres. Ocorrem orgasmos múltiplos com ou sem ejaculação, sem declínio do prazer e uma expansão da energia em direção ao 7º Chakra - Saashara (um centro de energia localizado no topo da cabeça, vinculado ao sagrado, ao aspecto divino que existe dentro de nós).

     Com relação aos homens, o orgasmo não é o objetivo final da Lingam Massagem, embora este possa ser um agradável e muito bem-vindo efeito desta manipulação. É muito comum que os homens ejaculem duas, três vezes durante a sessão, mas, são ejaculações diferenciadas, de potencial terapêutico, que nada tem a ver com masturbação. Com a freqüência deste estímulo, há uma mudança na qualidade sensorial e na intensidade do prazer. È possível ainda experimentar múltiplas ejaculações, múltiplos e sucessivos orgasmos secos (não-ejaculatórios), aumento do tempo na sustentação da ereção, maior flexibilidade e aumento do pênis (extensão e largura) em função da tonificação dos músculos penianos.

     A Lingam Massagem é um método excepcional para a cura de Ejaculação Precoce, Impotência, dificuldade em atingir o orgasmo e ausência ou baixa de libido.

     Da mesma forma, com a Yoni Massagem, no caso das mulheres, o ganho na qualidade do prazer é excepcional, muito além da experiência sexual que as mulheres em geral possuem através das manipulações do clitóris e da vagina. Ocorre uma grande ruptura e mudança de paradigmas com relação ao prazer e com a forma de lidar com o corpo.

     O orgasmo não é o objetivo final da Yoni Massagem, embora este possa ser um agradável e muito bem-vindo efeito desta manipulação. O foco é a cuidadosa massagem de todo o órgão genital feminino, incluindo a virilha, a vulva, os lábios internos e externos (também conhecidos como 'pequenos' e 'grandes' lábios) e o clitóris, permitindo o desfrute de diferentes formas de prazer, cumulativas e progressivas, a que certamente não está habituado.

     Ocorre então uma alteração substancial na estrutura sensorial do clitóris, que modifica significativamente situações ligadas ao prazer e ao orgasmo contínuo. A mulher vai aos poucos se abrindo e se entregando com confiança, ultrapassando e eliminando medos, culpas e repressões e passa a experimentar múltiplos e sucessivos orgasmos, orgasmos perenes e de vale (orgasmos que emendam um ao outro, sem queda do clímax). Muito frequentemente, a mulher também descobre seu potencial ejaculatório, também acompanhado de intenso prazer.

     A Yoni Massagem é um método excepcional para a cura da Anorgasmia (ausência de orgasmo), dificuldade em atingir o orgasmo, ausência ou baixa de libido, ausência, perda ou diminuição de sensibilidade clitoriana e vaginal e Vaginismo (contração involuntária dos músculos próximos à vagina, dificultando ou até impedindo a penetração pelo pênis na relação sexual, com presença de dor).

     No Nível 4 - A G-Spot Massagem para mulheres e a P-Spot Massagem para os homens.

     Nas mulheres, o Ponto G fica localizado na parede anterior da vagina, uma área localizada em uma glândula que envolve a uretra que, quando estimulada com a pressão adequada, permite também a percepção de uma angulação saliente do osso púbico, a cerca de 3 a 5 cm da entrada da vagina. Seu tamanho vai se modificando com a intensificação dos estímulos. Essa área é especialmente sensível a um tipo especial de pressão e a um certo padrão de movimentos, levando a novos níveis de orgasmos, muito especiais. Esta região pode variar de mulher para mulher, tanto na localização, no tamanho, na textura ou na espessura. Estudos também revelam que o estímulo dessa área libera substâncias que bloqueiam a dor. É muito comum que as mulheres excretem um líquido incolor e inodoro, às vezes esbranquiçado, com um volume em torno de 100 a 200 ml. Em nosso trabalho, verificamos que é possível a muitas mulheres experimentar a ejaculação orgástica feminina.

     Na G-Spot Massagem para mulheres, em conjunção com os estímulos feitos no clitóris, ela experimenta a mobilização energética em pontos especiais localizados no canal vaginal, no assoalho pélvico e na Glândula de Gräfenberg, o denominado Ponto G feminino, na parte interna da vagina. Oferecemos uma técnica especial de penetração com o dedo (utilizam-se luvas de látex devidamente lubrificadase esterilizadas) com a polpa digital trabalhando a sensibilização e a intensificação desses pontos. Os homens também possuem um Ponto G, considerado o local onde estes sentem o maior prazer durante a relação sexual.

     O Ponto G masculino , chamado de ponto prostático ou “Ponto P”. Localiza-se na glândula de próstata, que fica abaixo da bexiga e atrás dos testículos. Quando o homem está excitado, o músculo chamado Pubococcígeo (um músculo que se prende ao púbis e circunda órgãos como a bexiga, a uretra e o reto, sustentando-os), aperta a próstata. Esta pressão na próstata é que é a responsável pela sensação de prazer.

     Na P-Spot Massagem para homens, em conjunção com os estímulos no Lingam, você experimenta a mobilização energética em pontos especiais localizados na região retal, mais especificamente na Próstata, o denominado Ponto P masculino.

     Oferecemos uma técnica especial de penetração com o dedo (Os profissionais utilizam-se luvas de látex devidamente lubrificadas e esterilizadas) com a polpa digital do trabalhando a sensibilização e intensificação desses pontos.
Não são todos os homens que se permitem receber este toque, normalmente pelo medo e preconceito de que este estímulo possa revelar tendências homossexuais, o que é absolutamente um mito, um tabu gerado por uma sociedade patriarcal e machista.

     Independentemente de escolhas sexuais, o Ponto P masculino, assim como o Ponto G feminino, quando massageados com o estímulo adequado, permite a homens e mulheres uma sensação de prazer muito maior do que a usualmente experimentada no sexo comum, extremamente potencializada e multiplicada, conduzindo-os a intensos orgasmos e a estados de Supraconsciência.

     O Tantra não reprograma nada. O Tantra original é transformador, possibilita muitas mudanças comportamentais. O papel do Tantra original é humanizar, resgatar a nossa humanidade, restabelecer nossa dignidade.